GDF lista 25 ações de combate à sonegação fiscal de contribuintes - Cartórios de Protesto do Distrito Federal

GDF lista 25 ações de combate à sonegação fiscal de contribuintes

//GDF lista 25 ações de combate à sonegação fiscal de contribuintes

Em busca de arrecadação, o governo local vai cobrar IPVA e outros impostos via SMS, além de executar dívidas e negativar nomes de devedores

Com a previsão de arrecadar R$ 15,9 bilhões somente com tributos ao longo de 2020, o Governo do Distrito Federal (GDF) publicou, em edição extra do Diário Oficial do DF, medidas de combate à evasão e sonegação fiscal previstas para o este ano. Em 25 tópicos, o Executivo apresenta ações enfáticas de cobrança.

Quem estiver com o pagamento de algum imposto, multa ou tamanho da casa registrado errado para cobrança de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), por exemplo, pode se preparar: o governo vai verificar áreas construídas de imóveis.

Além disso, aprimorará o cadastro no Departamento de Trânsito (Detran) para que não haja erro em cadastros de Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), além de cruzar informações de bancos para identificar inconsistências das informações econômico-financeiras dos contribuintes.

Haverá ainda fiscalização de mercadorias em trânsito com uso de câmeras nas rodovias do DF e aumento da agilidade na inscrição de devedores na dívida ativa.

Será feito, também, protesto em cartório das dívidas ativas, além da implantação de réguas de cobrança do IPVA e demais tributos para automatizar mensagens de SMS. Os devedores receberão ainda ligações para cobranças individualizadas, receberão e-mail avisando do vencimento das contas e outros tipos de cobrança.

Confira as 25 medidas:

Veículo: Metrópoles

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.